fbpx

Forbes: Wall Street Recebe o Brasil de Volta

"A bolsa brasileira bate todos os mercados emergentes. Está superando a China. Está superando o mercado de ações de Trump em casa. Tudo isso graças a um projeto de reforma da previdência."

Redação DuMoney 11 de julho de 2019 atualizado às 16:21

Notícia sobre aprovação do texto base da reforma nas páginas do Financial Times. (fotorreprodução)

 

Um texto publicado hoje no site da revista Forbes mostra bem como a aprovação do texto base da Reforma da Previdência alcançou o mercado amwericano. O artigo de Kenneth Rapoza, especialista em mercados emergentes começa assim: O Brasil está em boa fase depois de um intervalo bem ruim. Seu Índice Bovespa bate todos os mercados emergentes. Está superando a China. Está superando o mercado de ações de Trump em casa. Tudo isso graças a um projeto de reforma da previdência que já foi impopular e que teve dezenas de milhares de manifestações de apoio no mês passado, ajudando o novo presidente a o sistema de pensões públicas.”

Vai além. Cita os piores momentos e os melhores resultados da economia brasileira e diz que Wall Street recepciona novamente o mercado brasileiro. “Nesta semana, a BlackRock, maior empresa de gestão de ativos do mundo, recomendou que os investidores apostem no Brasil, ao afirmar que o país é melhor do que qualquer outro na Ásia, devido aos efeitos da guerra comercial entre China e EUA.”

Rapoza se arrisca: ” A economia brasileira ainda está lenta e os dados econômicos não são totalmente impressionantes. Os bancos vêm reduzindo o crescimento durante todo o ano. Mas a partir de agora, os investidores negligenciam os fundamentos básicos de ação em economias lentas e apostam no bom andamento da economia brasileira.”

Financial Times

“O tão esperado projeto de lei de reforma previdenciária do Brasil passou um obstáculo crucial na noite de quarta-feira”, relata o jornal Financial Times. “Depois de anos em planejamento, a reforma é vista como essencial para restaurar a confiança na economia brasileira, que enfrenta a perspectiva de um retorno à recessão no segundo trimestre.”

“Em meio à preocupação em torno da economia do Brasil –o encolhimento das previsões de crescimento, o desemprego de dois dígitos e o aumento da dívida pública– o voto de quarta-feira na Câmara para reformar o sistema previdenciário representa um avanço significativo”, diz a agência Bloomberg.

Leia mais: Empresários Celebram Aprovação do Texto Base da Reforma

 

Em Últimas notícias

Recomendadas para você