fbpx

Como aproveitar a recuperação da Bolsa de Valores e investir em ações

Redação DuMoney 8 de agosto de 2018 atualizado às 15:34

Investir em ações se torna a melhor opção para os investidores em julho. O DuMoney fez um guia para você aproveitar o bom momento do mercado financeiro para lucrar

Bolsa foi o melhor investimento para ser feito em julho / Schutterstock

 

Mesmo com a economia andando de lado, a Bolsa brasileira registrou, no último mês, o melhor desempenho mensal desde janeiro. O índice de referência Ibovespa avançou 8,88% em julho, chegando aos 79.220 pontos, após recuar 15% entre maio e junho. Esse declínio refletiu os impactos provocados pela greve dos caminhoneiros e pela turbulência no mercado internacional, com o acirramento da guerra comercial entre China e Estados Unidos.

A boa notícia é que o mercado se recuperou, puxado por algumas companhias de peso. Durante os 31 dias de julho, as empresas que mais valorizaram os seus papéis foram a Vale (alta de 37,76%), Petrobras (22,7%) e Itaú Unibanco (10,6). Junto com o avanço das ações, os investimentos do tipo Ações Livre avançaram 6,56%. Além dos papéis negociados na Bolsa, os Fundos Multimercados Livre, que têm a maior liberdade para alocar recursos, avançaram 1% no mês.

”As ações estão mais atrativas do que investimentos como a renda fixa, que ficaram menos rentáveis com a queda na taxa de juros. É um momento bom para investir em ações, principalmente para quem tem conhecimento no mercado ou deseja se especializar” – diz a analista financeira Heloisa Cruz.

A especialista valoriza as ações já que os outros tipos de investimento não performaram tão bem. Um dos exemplo disso são os títulos do Tesouro Direto atrelados à inflação, que valorizaram apenas 2,36% no mês. Já os fundos de renda fixa avançaram pouco – 0,45%. Quem preferiu o dólar, com a melhora nos ânimos internos, viu a moeda americana perder 3,44%.

”Uma das formas de você aproveitar as boas chances no mercado de ações é procurar cursos para se especializar. Hoje em dia, há opções online que qualquer pessoa acessa de casa, facilitando muito o processo”, diz Heloisa.

Deseja investir em ações? Para você que pretende aproveitar o crescimento da Bolsa, separamos um passo a passo que pode te ajudar a se tornar um investidor. Veja abaixo e boas escolhas!

 

1 – SABER QUAIS EMPRESAS ESTÃO LISTADAS NA BOLSA

O passo a passo mais básico, antes de mais nada, é saber quais empresas estão listadas na Bolsa de Valores. Ou seja, quais companhias negociam suas ações nos pregões diários. O site da BM&FBovespa é um dos caminhos para quem deseja conhecer mais as empresas.

O portal permite, por exemplo, buscar as companhias por segmento ou mercado de atuação. É possível também acompanhar, por exemplo, o desempenho histórico de um empresa por meio de gráficos.

 

2 – ACOMPANHAMENTO DIÁRIO

Durante o dia, as ações são negociadas a todo instante. Por isso, é fundamental acompanhar a empresa em que investiu ou deseja investir. O site Investing é uma das opções de portais que atualizam o minuto a minuto do mercado financeiro das empresas.

 

3 – INVESTIR EM CURSO NA ÁREA

Conhecimento na área é fundamental para ter sucesso. Um dos caminhos para conseguir deslanchar no mercado de ações é aprender com os profissionais da área. Com a Internet, acabou facilitando o aprendizado através de cursos com gente que sabe muito sobre ações.

Um dos profissionais reconhecidos no mercado é o consultor Guilherme Dias, professor da FGV, que ministra o curso Investidor em Ação. As aulas são ideais para quem está começando ou já tem algum conhecimento na área.

 

Em Investimentos

Recomendadas para você